A catequese do Vaticano II aos nossos dias

14045613_1778258822431215_2670750590609303179_nEl Socio de SCALA P. Luiz Alves de Lima acaba de publicar este libro en Brasil.
A catequese pertence ao DNA da Igreja. Nascida dentro dos processos do catecumenato primitivo, como momento doutrinal de solidificação da fé que era transmitida ao lado de outras atividades, sobretudo bíblico-litúrgicas e exercícios de vida cristã, durante o longo período medieval e moderno do catecumenato social (a fé era transmitida vivencialmente pela comunidade cristã e pela própria sociedade), a catequese ficou reduzida ao ensino doutrinal, desligada do grande momento litúrgico-orante. O movimento catequético contemporâneo, culminando no Vaticano II, renovou-a por uma substancial mudança de paradigmas. É o que se mostra neste livro.
Após breve retrospectiva histórica da catequese na Igreja, detém-se em analisá-la nos diversos documentos conciliares e no seu impacto posterior até nossos dias. Analisam-se acontecimentos, documentos e suas consequências na prática da educação da fé, desde a publicação do RICA, passando pelo Sínodo de 1977 sobre a Catequese e sua exortação apostólica Catechesi Tradendae, pelos Diretórios de 1971, de 1997, e pelo Catecismo da Igreja Católica. Especial atenção merecem as iniciativas da América Latina, sobretudo do Brasil, como Medellín, Catequese Renovada, Aparecida e o Diretório Nacional de Catequese, até a recente publicação A alegria de iniciar discípulos missionários, com suas propostas de retorno aos verdadeiros processos iniciáticos. Após refletir sobre problemas e perspectivas atuais da catequese, a conclusão é justamente esta: hoje estamos a caminho de uma catequese a serviço da Iniciação à Vida Cristã.

Más información: AQUÍ

Comments are closed.